Nossa identidade espiritual se baseia naquilo que chamamos de “convicções fundamentais”. Elas são o verdadeiro alicerce (ou fundamento) de convicções espirituais sobre o qual cremos que nossa igreja deve ser construída. São as seguintes: Reconhecemos:

  • Que Deus nos escolheu e nos trouxe para si, nos salvando para pertencermos a Ele;
  • Que Deus nos reuniu formando esta comunidade de fé – a Igreja Presbiteriana do Grajaú -, que é uma expressão local e parte de seu Povo escolhido, a Igreja de Cristo;
  • Que Deus nos designou para sermos sua luz, vivendo e proclamando o seu amor, em nossa esfera de influência – começando na região do Grajaú e adjacências (onde os que aqui se congregam estejam vivendo), e indo até aonde quer que nossa força de alcance possa chegar;
  • Que essa nossa vocação deve ser vivida tanto quando estamos reunidos como igreja congregada, como quando estamos dispersos como igreja enviada.

Por isso queremos ser, acima de tudo, uma referência de vida e demonstração da Graça de Deus para aqueles que tiverem contato com nossa igreja (dentro e fora dela). Cremos que, vivendo assim, o nome do nosso Senhor será honrado através de nós como merece ser. Este é o nosso ponto de partida.

Somos uma comunidade que “está a caminho”, ou seja, entendemos que Deus está constantemente nos moldando e construindo. O nosso desejo mais profundo é, a cada dia, sermos uma comunidade cristã que seja uma verdadeira referência de vida e demonstração da Graça de Deus para aqueles que alcançamos com nossa vida e testemunho. Que eles encontrem em nós UMA IGREJA DE VERDADEIROS DISCÍPULOS DE JESUS, comprometidos:

    • Com o testemunho do evangelho através de nossas vidas,
    • Com o crescimento na maturidade espiritual através da Palavra de Deus,
    • Com uma vida de amor e comunhão em Cristo. Essa aspiração que temos em Deus nos levou a formular, em termos simples, o que chamamos de “os 3 G’s do Grajaú”, e que resumem a nossa missão:

 

 

Cremos que a BÍBLIA SAGRADA, em sua totalidade, é a Palavra de Deus, e nela pautamos toda a nossa vida pessoalmente como discípulos de Cristo e coletivamente como igreja ;

  • Adotamos como documentos que expressam a nossa fé A CONFISSÃO DE FÉ E OS CATECISMOS MAIOR E BREVE DE WESTMINSTER;
  • Todas as ações de nossa vida pessoal e comunitária devem ser motivadas por nossos compromissos DE AMOR A DEUS E DE AMOR E RESPEITO AO PRÓXIMO;
  • Priorizamos a CRIAÇÃO DE UM AMBIENTE PARA O CRESCIMENTO DO AMOR, DA UNIDADE E DA COMUNHÃO CRISTÃ , onde as pessoas são conquistadas para Cristo por verem a Sua graça fluindo em relacionamentos sadios e autênticos;
  • Investimos nossos esforços e recursos para ensinar, estimular, preservar e difundir o PADRÃO BÍBLICO DE FAMÍLIA como o projeto de Deus para o bem-estar e realização humana, rejeitando qualquer sugestão que fira este padrão;
  • Deus nos chamou para viver uma espiritualidade intensa e verdadeira. Por isso reconhecemos que a comunhão com o Senhor em UMA VIDA DE ORAÇÃO É O ALICERCE ESPIRITUAL DA IGREJA.
  • Valorizamos A PARTICIPAÇÃO ATIVA DE CADA CRENTE NA VIDA E NO MINISTÉRIO DO CORPO DE CRISTO, pois compreendemos que todos os cristãos são ministros do evangelho e equipados com dons espirituais para o exercício do serviço cristão.
  • A liderança da igreja deve ser UMA LIDERANÇA VOCACIONADA E CAPACITADA FORMADA POR “LÍDERES-SERVOS” QUE INSPIREM OS CRENTES POR SEU EXEMPLO DE VIDA .
  • Preferimos O TRABALHO EM COMUM ACIMA DO TRABALHO INDIVIDUAL OU DE APENAS ALGUNS. Ao nos distribuirmos em áreas diferentes, visamos servir a todo o Corpo de Cristo, e não apenas aos que trabalham ou se reúnem conosco naquele grupo menor ;
  • Cremos que aquilo que afirmamos crer deve ser vivido na prática, não importando o custo. A isso chamamos de ÉTICA CRISTÃ COERENTE . Temos a convicção que, vivendo assim, preservamos a necessária autoridade profética que permite nos pronunciarmos perante a sociedade quando for preciso;
  • Como parte de nosso testemunho ao mundo destacamos nosso COMPROMISSO DE RESPEITO ÀS LEIS CIVIS naquilo em que elas não conflitem com a autoridade suprema das Sagradas Escrituras e com a consciência cristã dirigida por estas.
  • Embora creiamos que Deus vocacione seus filhos para o servirem no seio da sociedade, cremos que, COMO INSTITUIÇÃO, DEVEMOS NOS ABSTER DE POLÍTICA PARTIDÁRIA; deixando, à consciência cristã de cada um, o posicionamento e engajamento políticos, sempre pautados pelos valores bíblicos .
CC-BY-SA 2014 - Igreja Presbiteriana do Grajaú - Conteúdo publicado sob CREATIVE COMMONS